PROJETO Nº:  930728/2022

 

OBJETIVO GERAL: 

Implantação e desenvolvimento do projeto FAMÍLIAS INCLUSIVAS II no município de São Paulo/SP. 

Dar continuidade à promoção do bem-estar e da integração dos membros da família de pessoas com deficiência, em situação de vulnerabilidade social, a partir do fortalecimento de seus vínculos e do desenvolvimento de habilidades parentais e sociais, concentrando-se especificamente, no pai, mãe e responsável legal de pessoas com deficiência. 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS 

1. Trabalhar afigura do pai e da mãe enquanto indivíduos no núcleo familiar como sujeitos responsáveis por conduzirem seus filhos a uma vida mais autônoma, mediando conhecimento para que se desenvolvam maneiras eficazes de apoio, comunicação e relacionamento por meio de oficinas de arte, utilizando a cultura e suas variadas formas como linguagem. 

 

2.Propor experiências práticas para que os pais, mães ou responsáveis legais se relacionem com seus filhos de pessoas com deficiência a fim deque os conduzam a uma vida mais autônoma e ao mesmo tempo que se valorize seus pais, familiares, cuidadores e responsáveis enquanto facilitadores dessa autonomia, por meio de atividades em conjunto nas oficinas de arte. 

SELEÇÃO DOS PAIS, MÃES OU RESPONSÁVEIS LEGAIS  

 

Para a captação dos participantes, o projeto será executado em organizações parceiras do Instituto, que atendam pessoas com deficiência em situação de vulnerabilidade social. A inscrição se pautará nos seguintes pré-requisitos: 

 

•Ter pessoas com deficiência na família; 

•Estar em condição de vulnerabilidade social; 

•Residir no município de São Paulo; 

•Ter disponibilidade de participar das oficinas nos dias estabelecidos. 

 

ESTRATÉGIAS DE AÇÃO 

 

O projeto realizará oficinas de arte, utilizando variadas linguagens culturais (teatro, dança, música, artes plásticas), como meio para trabalhar temas relacionados ao fortalecimento de vínculos familiares. As oficinas ocorrerão em caráter participativo. 

Os temas de vínculos familiares trabalhados, serão pautados em: direitos humanos, comunicação não violenta, confiança mútua, segurança no convívio social, heranças e legados familiares, entre outros.  

Dessa forma, o projeto poderá propor a continuidade da experiência já obtida em momento anterior, no FAMÍLIAS INCLUSIVAS. Haverá ao final do projeto, 1 (uma) exposição aberta ao público, publicitando e socializando o resultado obtido pelas famílias no que tange o fortalecimento de vínculos familiares trabalhados no curso do projeto de diferentes maneiras. 

Nessa exposição, o conteúdo demonstrado poderá ser de naturezas e suportes variados, a fim de não engessar e condicionar o processo criativo dos participantes. 

TOTAL DE PARTICIPANTES: 80