14 de maio de 2021

Bola na rede! Futsal é nova aposta para promover inclusão social de pessoas com deficiência

Extremamente popular no Brasil, modalidade é uma das novidades no plano de trabalho da entidade em 2021

Parte fundamental para a construção da identidade esportiva do Brasil, o futsal é a nova modalidade abarcada pelo Instituto Olga Kos, entidade sem fins econômicos voltada à promoção da inclusão social de pessoas com deficiência. O projeto “Gols pela Inclusão” usará o esporte como vetor de trabalho para 60 beneficiários (quatro turmas, cada uma com 15 participantes), em um programa com doze meses de duração.

O futsal é um esporte muito popular no Brasil. Tem uma dinâmica que se assemelha ao futebol, mas as ações acontecem em quadras e com menos jogadores. Esses dois fatores contribuíram para que a modalidade se tornasse muito popular no país”, diz Crystiane Souza, coordenadora do departamento de esportes do Instituto Olga Kos.

O surgimento do futsal remonta à primeira metade do século 20, mas as primeiras iniciativas para padronização das regras do jogo aconteceram apenas nos anos 1950. O Brasil já conquistou cinco vezes o título mundial da modalidade.

A adição do futsal é muito relevante para o Instituto Olga Kos, que já trabalhava com artes marciais (karatê e taekwondo) e corrida de rua em seus projetos esportivos. “Buscamos uma diversificação das iniciativas para que possamos atender um número cada vez maior de pessoas, mas também para que as experiências proporcionadas sejam diferentes e apresentem perspectivas mais completas para o trabalho de inclusão social”, afirma Wolf Kos, presidente da entidade social.

O “Gols pela Inclusão” tem duas oficinas semanais, e cada uma tem uma hora de duração. O projeto vai até março de 2022 e contempla a realização de dois campeonatos entre os participantes.

Saiba mais: http://bit.ly/golsinclusao