Código de conduta e ética

 

Apresentação

O Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural é uma associação sem fins econômicos, fundado em 05 de março de 2007, qualificada pelo Ministério da Justiça como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), que desenvolve projetos artísticos e esportivos para pessoas com e sem deficiência intelectual e em situação de vulnerabilidade social.

A instituição é formada por uma equipe de profissionais qualificados para ministrarem as oficinas de artes e esportes, além de colaboradores para a área administrativa. Em seu corpo de colaboradores, tem mestres e doutores em seu departamento de pesquisas.

Nossa missão é: Atender crianças, jovens e adultos com deficiência intelectual, além de pessoas sem deficiência, que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Procuramos facilitar a inclusão social de todos, garantindo que reúnam condições de participar de forma mais efetiva da sociedade da qual fazem parte.

Nossa visão é: Ser uma instituição do terceiro setor reconhecida pela liderança, excelência, inovação e impacto social, por meio de ações socioculturais e de inclusão social.

Nossos valores são:

+Ética nas relações e no exercício das atividades;

+Respeito à diversidade humana;

+Promoção do exercício da cidadania;

+Comprometimento com a causa;

+Excelência no trabalho.

 

 

Em 2020, instituímos nosso Código de Conduta, buscando assim formalizar os princípios éticos e os compromissos de Conduta que guiam nossa atuação e relacionamento com todos os públicos de interesse. Este Código estabelece princípios, atitudes e comportamentos que são necessários e esperados de todos aqueles que se relacionam, direta ou indiretamente, com a instituição. Além disso, buscamos, dessa forma, atender as exigências expressas na Lei Anticorrupção (Lei 12.846/2013), Lei de Lavagem de Dinheiro (Lei 9.613/1998) e no Código Penal, em todas as nossas atividades, incluindo relações com Parceiros, Agentes do Governo e outras instituições. Esse Código se aplica a membros do Instituto, colaboradores, voluntários, fornecedores, organizações e empresas parceiras e/ou associadas, além de terceiros não integrantes dos grupos mencionados, mas que mantenham outras formas de relacionamento com o Instituto.

Para que possamos disseminar as condutas desejadas expressas nesse documento, ele será colocado à disposição de todos os membros, parceiros, voluntários, apoiadores, colaboradores, fornecedores, comunidade e sociedade em geral, por meio de nossa página na internet (http://www.institutoolgakos.org.br). Além disso, serão realizados treinamentos e encontros periódicos para a discussão, atualização e reforço das práticas e Condutas expressas nesse documento.

 

Código de Conduta

É esperado de todos os colaboradores, membros, voluntários, fornecedores e parceiros do Instituto Olga Kos:

  • Que ajam com honestidade, de forma justa, digna, harmoniosa e respeitosa com todas as pessoas com as quais se relacionam;
  • O respeito à diversidade e o combate a todas as formas de preconceito e discriminação, respeitando o princípio da igualdade de todos perante a lei;
  • O zelo, o respeito e a proteção da vida, em todas as suas formas;
  • O cumprimento das atividades e a participação nos projetos e ações desenvolvidas pelo Instituto com empenho, dedicação, compromisso, qualidade técnica e assiduidade;
  • Que utilizem de maneira adequada os canais de comunicação internos e externos, para a manifestação de sugestões, críticas ou denúncias;
  • O respeito e o zelo pela imagem, nome e história do Instituto;
  • O respeito à propriedade intelectual;
  • O respeito ao sigilo profissional, assim como ao sigilo de informações estratégicas ou relativas a fatos e decisões internas ainda não divulgadas, exceto quando autorizado ou exigido por lei;
  • O uso adequado e consciente do patrimônio material e imaterial do Instituto, zelando pela integridade dos bens, equipamentos e sede do Instituto;
  • A seleção e contratação de fornecedores e prestadores de serviços que estejam alinhados com o perfil ético e os valores da instituição;
  • A alimentação dos sistemas de controle contábeis e financeiros com informações fidedignas, bem como a realização de relatórios de prestação de contas com informações completas e condizentes com a realidade;
  • A comprovação das despesas realizadas durante atividades de trabalho na Instituição, por meio de descrição das atividades e apresentações de recibos ou faturas válidas, de forma completa e correta;
  • O comprometimento com a prevenção de qualquer ocorrência de fraude ou de corrupção, alertando sobre situações de risco e reportando imediatamente quaisquer suspeitas de fraude, corrupção ou descumprimento deste Código;
  • A adesão a esse Código de Conduta, por meio de sua ciência e assinatura do termo de adesão;
  • O estabelecimento de relações com governantes ou autoridades públicas sempre baseadas na transparência e integridade, seguindo também os demais princípios estabelecidos nas Leis no 9.790/1999 (Lei das OSCIPs) e 12.846/13 (Lei anticorrupção);
  • Comportamentos hostis, violentos, ameaçadores ou intimidadores, assim como a perturbação da harmonia e da paz;
  • A prática de qualquer forma de ameaça, chantagem, constrangimento, falso testemunho, assédio moral, sexual, discriminação racial, homofobica, religiosa ou qualquer outra forma de desrespeito a vida e a dignidade humana;
  • A obtenção de vantagens indevidas por conta do vínculo com o Instituto ou fazendo uso do seu nome;
  • O desperdício dos recursos naturais e o desrespeito a natureza em todas as suas formas;
  • A exigência, insinuação, oferta ou aceite de qualquer tipo de favor, vantagem, favorecimento, benefício, gratificação, para si mesmo ou para qualquer outra pessoa, por conta de sua relação e vínculo com o Instituto Olga Kos;
  • A utilização de informações obtidas por meio de suas atividades no Instituto em benefício próprio ou de terceiros;
  • A geração intencional de perdas financeiras, materiais ou imateriais;

 

É vetado a todos os colaboradores, membros, voluntários, fornecedores e parceiros do Instituto Olga Kos:

 

  • A realização de campanha ou propaganda político partidária durante atividades de trabalho ou fazendo uso dos meios de comunicação institucionais ou recursos do Instituto e/ou em seu nome, para si mesmo ou outros;
  • Realizar qualquer tipo de atividade ou iniciativa representando o Instituto sob influência de bebida alcoólica ou substâncias ilícitas, de modo a prejudicar o desempenho e a imagem da instituição;
  • Agir de forma a prejudicar ou oferecer algum tipo de risco à saúde e segurança dos demais;
  • Qualquer forma de retaliação contra quem, de boa fé, comunicar Conduta inadequada, suspeita de fraude, corrupção ou violação da lei, ética ou Condutas expressas neste Código;
  • Qualquer prática de solicitação ou oferecimento de pagamento ou quaisquer outros benefícios aos Agentes do Governo, parceiros ou qualquer outra pessoa, a fim de agilizar e garantir qualquer ação ou prestação de serviço;
  • O oferecimento, promessa, autorização, doação ou recebimento de qualquer brinde ou presente que, direta ou indiretamente, tenha o objetivo de influenciar as decisões que afetem ou impactem as atividades e interesses do Instituto;
  • A apropriação indevida e/ou o desvio de recursos;
  • A falsificação de documentos, relatórios, registros financeiros ou contábeis;
  • A oferta ou o recebimento de qualquer forma ou tipo de propina, suborno ou qualquer outro incentivo ilícito.

 

Sanções

Foi criada uma Comissão de Ética do Instituto Olga Kos, com a missão de zelar pelo cumprimento do Código, bem como esclarecer dúvidas, receber denúncias, orientar e investigar casos relacionados.

A Comissão de Ética deverá:

  • Avaliar e produzir pareceres sobre as violações do Código de Conduta;
  • Informar a diretoria sobre a existência, encaminhamento e tratativa dos casos;
  • Revisar e propor atualizações no Código, quando necessário;
  • Promover a capacitação e a difusão da cultura ética no Instituto.

 

Dúvidas com relação a esse Código de Conduta e legislações pertinentes, casos não previstos, bem como denúncias de não conformidade deverão ser apresentadas à Comissão de Ética, assim como denúncias de fraude, suborno, corrupção, quaisquer Condutas inadequadas ou tentativas de retaliação.

Qualquer Conduta que possa ser interpretada como imprópria e não de acordo com os valores e interesses do Instituto Olga Kos, assim como a violação desse Código de Conduta, deve ser evitada e poderá gerar sanções.

O descumprimento deste Código de Conduta por parte dos membros, colaboradores, voluntários, fornecedores, organizações e empresas parceiras e/ou associadas, além de terceiros não integrantes dos grupos mencionados, mas que mantenham outras formas de relacionamento com o Instituto, implicará penalidades de acordo com a gravidade do fato, podendo ser aplicada advertência, suspensão ou rescisão contratual, assim como outras medidas legais cabíveis. As denúncias deverão ser encaminhadas para o endereço eletrônico ouvidoria@institutoolgakos.org.br

Todas as denúncias recebidas serão tratadas com o devido sigilo.