4 de maio de 2018

Start da sétima edição de projeto de inclusão por meio do Taekwondo

“Taekwondo VII: Inclusão pelo Esporte” teve início em abril deste ano e termina em março de 2019   

O projeto “Taekwondo VII: Inclusão pelo Esporte” tem como objetivo inserir pessoas com deficiência intelectual na sociedade por meio do esporte, além de desenvolver aspectos físicos e motores e aumentar a consciência corporal de seus participantes. O projeto contempla 100 beneficiários sendo quatro turmas com 25 integrantes cada. As oficinas acontecem duas vezes por semana e tem uma hora de duração na APAE Diadema, Vem Ser e CEU Casa Blanca.  

 Um dos princípios do Taekwondo desenvolvido em nossas oficinas é o “Ye Ui – Cortesia”, esta pautado na promoção do espírito de concessão mútua, incomodar-se com situações de desprezo maldoso de uma pessoa perante a outra, ser educado com todos, encorajar o senso de justiça e entender hierarquias.

 “Os aspectos sociais como a integração com colegas, instrutores e familiares procura despertar e desenvolver o respeito à diversidade, além de eliminar os preconceitos. O taekwondo busca também o equilíbrio e segurança emocional, além de trabalhar os aspectos físicos, buscando a promoção da saúde autoconfiança e a qualidade de vida.” esclarece Olga Kos, vice-presidente do Instituto. 

Parte das vagas é reservada para pessoas que não tem deficiência intelectual, mas que estão em situação de risco social e residem nos arredores do local onde a atividade é desenvolvida.   

   O projeto “Taekwondo VII: Inclusão pelo Esporte” conta com o patrocínio das empresas:  Getnet, Bluebay, Catho, Chevrolet, Ciapetro, Cipatex, Colégio Poliedro, Ecorodovias, Genzyme, Grupo Urubupungá, lsi Administradora, lsi Logostica, Manserv, Manserv Facil, Master Sense, Pan Seguros, Piraque, Pompeia S/A, Publicis, Renner, Sanofi, SDB Comércio de Alimentos, Seguradora Pan, Sistema de Ensino Poliedro.