26 de junho de 2018

IOK ganha prêmio Chico Xavier de Reconhecimento Humanitário

Premiação instituída pela Câmara Municipal de São Paulo homenageia cidadãos e instituições por atitudes de fraternidade e solidariedade

Jatene e Wolf _ certificadoVereador Celso Jatene entregou o prêmio para o presidente do IOK, Wolf Kos 

 

O prêmio é mais um reconhecimento público ao trabalho desenvolvido Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural (IOK). A entidade é responsável por inúmeros projetos de artes e esportes desenvolvidos em oficinas espalhadas por 40 locais da capital paulista e que recebem em torno de 3 mil crianças e jovens, a maioria com deficiência intelectual. No entanto, parte das vagas nos projetos do IOK é destinada também a pessoas sem deficiência, mas que se encontram em situação de risco social e moram perto dos locais onde as oficinas são realizadas.

 

O prêmio Chico Xavier de Reconhecimento Humanitário foi instituído em março de 2013, desde então, vem homenageando pessoas e entidades que se destacam por atos e obras de amor ao próximo e de estímulo à elevação do espírito humano. A premiação visa homenagear ainda ações que propiciem o engrandecimento e a harmonia nas relações entre os indivíduos na sociedade. 

 

Na cerimônia realizada ontem à noite, no salão nobre, da Câmara Municipal, foram homenageadas, além do Instituto Olga Kos, outras 18 instituições que atuam na cidade de São Paulo. Quem recebeu o prêmio pelo IOK foi o Presidente do Instituto, o empresário Wolf Kos. “Sempre quando recebemos uma homenagem como essa eu sinto que estou no caminho certo para disseminar a ideia de igualdade e inclusão. Em um mundo cada vez mais individualista e diverso precisamos espalhar a ideia de que o respeito e a fraternidade são essenciais para a vida em sociedade”, comentou.