9 de maio de 2018

Exposição “Diálogos Cromáticos” é lançada em São Paulo

A mostra promovida pelo Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural (IOK) vai até o dia 30 de maio, na Pinacoteca da Associação Paulista de Medicina e a entrada é gratuita   
 

41992921581_79fe1cc8ab_oConfira mais fotos acessando: https://www.flickr.com/photos/artesiok/albums/72157668773650158/page2  
 

A exposição “Diálogos Cromáticos” é resultado das oficinas que o artista plástico Yugo Mabe ministrou para os participantes do projeto de arte e cultura desenvolvido pelo Instituto Olga Kos para crianças e jovens com deficiência intelectual e em situação de vulnerabilidade social. Nas oficinas, totalmente viabilizadas com recursos do próprio Instituto, Yugo Mabe teve a oportunidade de ensinar um pouco da sua técnica de composição de cores e luminosidade -  característica essencial da obra desse pintor, filho do também consagrado Manabu Mabe. Realizar esse trabalho junto aos adolescentes do Instituto Olga Kos me trouxe outra visão. Os trabalhos expostos refletem bem o que eu senti. Não foi nada esperado, mas quando vi o resultado eu fiquei muito feliz”, comenta o artista  
 

mostra conta com a curadoria de Silvana Gualda e Camilla Kury e ocupa duas salas da Pinacoteca da Associação Paulista de Medicina, reunindo obras tanto do artista quanto dos participantes do projeto do IOK, o que deixou ainda mais felizes os pais dos participantes do projeto. “Eu percebo que as oficinas (do Instituto Olga Kos) ajudam a desenvolver bastante o lado pessoal do meu filho“, relata Edileuza Guedes, mãe de Leandro Guedes. 

 A participação de Yugo Mabe nas oficinas do IOK foi uma contrapartida à edição do livro sobre a vida e obra do artista lançado ontem à noite. A luz das coisas e os cenários do mundo” é o 23º volume da série “resgatando cultura”, que conta um pouco da vida e obra de nomes consagrados das artes plásticas brasileiras e tem como objetivo resgatar o panorama artístico cultural do país, contribuindo para a democratização do acesso da sociedade aos bens artísticos nacionais. É muito importante ter arte no Brasil, uma coisa que é pouco cultuada, principalmente quando é de pessoas tidas como que não são capazes. Quem olha essa exposição percebe a capacidade delas, não é possível saber qual obra é do artista plástico e qual é dos jovens do Instituto Olga Kos, isso é um triunfo para arte”, discute Olga Kos, vice-presidente do Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural  

 A exposição e o livro têm patrocínio das empresas Biolab e Bradesco Seguros, além de apoio da Lei de Incentivo à Cultura.  

 
 
Serviço – “Diálogos cromáticos  

Data: até 30 de maio -  de segunda à sexta-feira   

Horário: 10h às 20h   

Endereço: Pinacoteca da Associação Paulista de Medicina –Av. Brigadeiro Luiz Antônio, 278, São Paulo – SP   

Entrada Gratuita